Lipoaspiração

  • A lipoaspiração é a cirurgia plástica indicada para o tratamento de lipodistrofia ou “gordura localizada”. Por meio de incisões mínimas na pele em locais camuflados, utilizam-se cânulas metálicas e a gordura do tecido subcutâneo é aspirada, de forma a melhorar o contorno corporal.

    Está indicada tanto para mulheres quanto para homens. Áreas comumente lipoaspiradas são abdome, flancos (os famosos “pneus”), costas, região lombar, culotes, axilas, coxas, joelhos, “papada” abaixo do queixo, entre outras.

    É uma cirurgia bastante segura e das mais realizadas. Não está indicada como procedimento emagrecedor. O paciente deve estar com seu peso dentro do ideal, e a lipoaspiração auxiliará no tratamento das áreas com gordura localizada, melhorando o contorno corporal. A anestesia para esta cirurgia normalmente é a anestesia geral. Em alguns casos, quando a área e a quantidade a serem lipoaspiradas são pequenas, é possível a anestesia local com sedação.

    Há diversos termos como “hidro-lipo”, “lipo-light”, “mini-lipo”, “vibro-lipo” etc, que nada mais representam do que nomenclaturas para pequenas variantes do mesmo procedimento, e que apenas prejudicam a compreensão do paciente. A técnica atual consagrada é a lipoaspiração precedida de infiltração de solução com vasoconstritor, a fim de diminuir a perda sanguínea. Além disso, há limites de quantidade a ser lipoaspirada, para garantir a segurança do paciente.

    Há necessidade de uso de malha elástica específica para pós-operatório durante cerca de 2 meses. Também é necessário a realização de drenagem linfática no período pós-operatório. Recomenda-se afastamento de atividades de trabalho por 1 semana, bem como suspensão de atividades físicas por 1 mês.

Você sabia?

Para se tornar cirurgião plástico, o médico deve, além dos 6 anos de graduação em medicina...

Saiba mais