Cirurgia plástica

  • É uma especialidade da Medicina que trata deformidades da forma e da função do corpo humano.

    Ela utiliza recursos que envolvem conhecimento profundo de anatomia, técnica cirúrgica minuciosa, senso estético apurado, vocação determinada, e criatividade artística do cirurgião.

    Cuida desde malformações congênitas e traumas de várias naturezas (como as queimaduras), até alterações da imagem corporal e procedimentos cosméticos. Está sempre comprometida com a recuperação funcional, aliada ao melhor resultado estético possível. É uma área em que ser detalhista, cuidadoso e observador é característica fundamental para o bom profissional.

    Aborda os anseios mais íntimos de muitos pacientes, uma vez que tenta melhorar a auto-estima da pessoa, envolvendo aspectos profundos da psique e também nuances filosóficas da estética. Assim, além do conhecimento científico e técnico profundo e consistente, o embasamento, empatia e boa relação médico-paciente são valorizados e essenciais.

    A partir de valores sólidos, formação acadêmica de ponta e vocação para a arte, a missão aqui estabelecida é ajudar os pacientes a, de forma conjunta, encontrar a melhor solução que satisfaça seus desejos, sempre de forma segura e utilizando as melhores e mais consagradas técnicas e tecnologias disponíveis. Para tanto, há o constante empenho em desenvolver as atividades em centros de referência e qualidade, a procura do contínuo conhecimento e desenvolvimento científico e o investimento em formação continuada e de excelência.

Você sabia?

A Cirurgia Plástica é uma especialidade bastante abrangente.


Aborda deformidades e alterações em todo o corpo e de todas as naturezas. Devido a complexidade, algumas vezes a mesma divide-se em sub-especialidades, tais como a Cirurgia craniofacial e a Cirurgia de mão.

Há também outras áreas bastante específicas dentro da especialidade, como a Reconstrução de mama, a Microcirurgia, a Cirurgia de estados intersexo, a Cirurgia de pacientes com fissuras labiais e palatais, o tratamento de tumores cutâneos (como o melanoma), entre outras. Assim, ratifica-se o importante papel da Cirurgia Plástica nas mais diversas afeccções que aflingem o homem.